segunda-feira, 5 de março de 2012

The Girl with the Dragon Tattoo



Realizador: David Fincher 
Elenco: Daniel Craig, Rooney Mara, Christopher Plummer

Vi este filme sem saber absolutamente nada sobre as história. Nunca li os livros, nunca li nada sobre a história nem vi o trailer do filme. Tinha algumas expectativas sobre o filme pois tem um excelente actor principal e porque está muito bem cotado no IMDB.
Depois de ver  filme, posso dizer que as minhas expectativas foram completamente superadas! O filme é excelente do início ao fim e prende-nos à história e às personagens de uma maneira incrível. Normalmente costumo fazer uma pausa a meio dos filmes, normalmente quando a acção do filme está mais parada, mas neste filme e apesar da sua extensa duração (2 horas e 40 minutos!!) não parei de o ver por 1 segundo que fosse. 
Quando o filme chegou ao fim fiquei cheio de vontade de ler os livros 2 e 3 da trilogia (não consigo ler livros quando já sei o seu final por isso não vou conseguir ler este livro), a ver se os consigo arranjar num futuro próximo.


Rating NadaSeideNada: 10/10
Rating IMDb: 8.1/10

domingo, 20 de novembro de 2011

Adeus Alagaesia

Acabei ontem à noite o livro Herança, o último da saga de Eragon por Alagaesia! Enquanto lia os últimos capítulos chovia copiosamente lá fora, como se o céu soubesse como me sentia, e chorasse por mim. Ainda não tinha terminado e as saudades já eram enormes desse maravilhoso mundo que é Alagaesia e dos seus extraordinários habitantes! Por muito que custasse a espera de anos entre livros, sempre era melhor que não ter nada por o que esperar...

Assim me despeço deste mundo mágico, com a vã esperança que Paolini se decida por um dia voltar a falar-nos de Alagaesia..

Adeus Eragon
Adeus Saphira
Adeus Arya
Adeus Roran
Adeus Nasuada
Adeus Orik
Adeus Alagaesia

Sé onr sverdar sitja hvass

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Me, Myself & I

Três das coisas que mais me arrependo na vida:

- Desistir das lições de natação quando tinha uns 12 anos. Ainda lá andei um par de meses e não me lembro porque é que desisti já que até gostava daquilo. Penso que tenha sido por ser um bocado longe de casa e na maior parte das vezes tinha que ir a pé sozinho para lá. Ou então foi porque após umas semanas numa turma, me mudaram para uma mais avançada onde éramos uns 5 ou 6 e duas dessas pessoas eram da minha turma na escola. Eu era gordo (ainda sou) e acho que me lembro, embora sem certeza (sou bom a esquecer o que me faz sofrer) de a Cátia gozar comigo por isso e por ser o mais lento a nadar. Isto aliado ao facto de a outra pessoa da turma ser a Daniela deve ter pesado na minha jovem cabecinha.. Pensando melhor, talvez tenha sido mesmo isto que me fez desistir da natação. Se soubesse o que sei hoje teria sido diferente, mas pronto, agora não há nada que possa fazer a não ser lamentar essa decisão.

- Ter feito tão pouco desporto, coisa que gosto e sempre gostei de fazer. Seja correr, nadar, bicicleta, futebol, ténis, voley, basket, tudo o que implicasse competição tirando ginásticas e coisas do género. Devia ter tido mais força de vontade para entrar num clube e ter feito alguma destas coisas...

- Ter sido tão infinitamente infantil durante o ensino básico e nunca ter tido coragem de dizer o que sentia àquela pessoa especial. Bolas, nunca tive coragem e continuo sem ela, coragem é algo que, infelizmente para mim, não faz parte da minha pessoa. É sempre "Na próxima oportunidade digo-o" ou "P'rá próxima faço diferente" e nunca é diferente, é sempre a mesma merda, quando realmente tenho oportunidade de me redimir, de fazer diferente, de fazer a diferença na minha vida, acobardo-me e deixo para "a próxima"...


Quero fazer diferente, quer ser melhor, quero mudar mas não consigo, a força de vontade só lá está durante uma fracção de segundo e depois abandona-me como sempre, o comodismo triunfa sempre perante a adversidade, perante a expectativa de fazer algo que me seja estranho. E acontece-me o mesmo nos sentimentos, o meu ser constantemente bloqueia os sentimentos mais "pesados" sejam eles positivos ou negativos, em vez de pensar nisso, opto simplesmente por ignorá-las e pensar em algo que me seja familiar.


O mundo gira e tudo muda menos o passado, o passado permanecerá intocável. Não importa o que faças, nunca te verás livre dele. Ele é como um espírito que te acompanhará durante toda a tua vida, quer tu querias quer não..

sábado, 11 de dezembro de 2010

Natasha Bedingfield - Pocketful of Sunshine

Música do filme que postei anteriormente, Easy A, e que fica no ouvido :P Já é de 2008 mas só agora é que tomei conhecimento dela lol

video

Easy A


Não tenho muito para dizer sobre filme, apenas que entretém e que se quiserem ver um filme e não souberem o que ver, vejam este, não se vão arrepender com certeza.
Um bom filme para se ver numa tarde de Sábado ou Domingo.. ou noutra altura qualquer, o filme é bom a esse ponto xD

Segundo o imdb o filme estreou em Portugal em Novembro mas não vi publicidade nenhuma a ele e não encontro nada em sites portugueses, nem mesmo o nome do filme em português. O máximo que encontrei foi o nome que lhe deram no Brasil (A Mentira). Daí que para o verem devem ter mesmo que o "comprar" na net..

Trailer:



Rating NadaSeideNada: 8.0/10
Rating iMDB: 7.3/10

PS: Uma das cenas mais fixes do filme: